Preview – Uncharted 3: Drake’s Deception (PS3)
Por Redação Gamer Spoiler Em 16 out, 2011 as 03:31 PM | Categorizado como Notícia, Previews | com 0 Comments

Hands’on Uncharted 3: Drake’s Deception
Diretamente da Brasil Game Show 2011, o público brasileiro pôde experimentar  em primeira mão o gostinho de Uncharted 3.  Uma das novas grandes franquias da Sony.No estande, o game estava presente para quem quisesse jogar,entáo nós do Gamer Spoiler ,enfrentamos filas enormes e testamos esse jogo incrível que ja esta na sua 3° edicção – Uncharted 3: Drake’s Deception.

Uncharted 3 Drakes Deception é exclusivo para PS3

Um dos destaques da série “Uncharted” é a alta qualidade visual ,para compor o ambiente das cenas do game, a água está mais realista do que nos outros títulos, tanto em sua textura quanto na sua fluidez, os efeitos de luz e sombra estão lindos,a textura das rochas, as árvores ,os efeitos de explosão estáo de impressionar, o jogo esta muito bonito mesmo.

Gráficamente o jogo está lindo.

 Além da campanha principal e do modo em que jogadores se enfrentam on-line ou off-line, há as missões cooperativas. No mínimo quatro estarão presentes no jogo final e cada uma durará em torno de uma hora.
Bem,nos do gamer spoiler jogamos o multi-player competitivo, onde uns 8 players tentavam se matar num cenario em meio a destruição.

Uncharted-3-Multiplayer

A jogabilidade é bem flúida, a visão na hora de atirar continua por cima do ombro,o ambiente lhe permite se proteger de fogo inimigo e a ação é bem intensa.
Um fato legal que ocorreu enquanto eu jogava,  após eu renascer em algum lugar, consegui matar 2 jogadores em um tempo muito curto e isso me proporcionou uma medalha. Mas a única coisa que me incomodou um pouco foi o tempo que demora para cada partida começar,pois o jogo fica procurando partidas aleatórias para te encaixar ,porém o multiplayer é muito divertido.

confira um video abaixo:

A nova aventura de Nathan Drake, herói da série “Uncharted”, exclusiva do PlayStation 3, chega com dublagens e legendas em português no final de 2011.

By Eduardo Henrique

Quer trocar uma ideia comente aqui