Review – Flat Kingdom
Por Eduardo Henrique Em 8 maio, 2017 as 04:16 PM | Categorizado como ., Notícia, PC, Reviews | com 0 Comments

maxresdefault

Flat Kingdom vem com a promessa de ser um jogo desenvolvido para os fãs de jogos de plataformas, resgatando alguns princípios dos jogos clássicos do gênero. O game teve campanha de arrecadação no Kickstarter e no IndieGoGo e conseguiu atingir sua meta, logo depois, foi aprovado no Steam Greenlight. Desenvolvido pela Fat Panda, estúdio mexicano, nas últimas semanas obteve parceria com a publicadora Games Starter para que Flat Kingdom chegasse ao mercado brasileiro com legendas em nosso idioma local.

Com a promessa de ser um jogo para os amantes e apaixonados por plataforma, contendo inspirações de clássicos games do gênero e com um visual bonito e atraente, será que ele cumpre tudo o que diz? Confira abaixo nossa análise!

Altas inspirações, com seus diferencias!

É nítido que a galera da Fat Panda se inspirou em Mario Bros durante o desenvolvimento de Flat Kingdom. Nos primeiros minutos de experiencia é possível assemelhar diversas características do “velhinho bigodudo” da Nintendo. Um grande exemplo é no conceito inicial da história do game.

109OdMg

O rei quadrado precisa da ajuda do pequeno herói chamado de “Flat”, para resgatar sua filha/princesa do terrível e malvado ladrão de reinos com um plano maligno. Inicialmente você pode achar que a história vai seguir um enredo ao estilo “Mario”, mas depois de alguns minutos de gameplay você começa a observar seus diferencias, como por exemplo: O “grande e terrível ladrão” do reino que quer roubar joias magicas que traz a paz ao mundo e aprisiona um mal e quem obtiver essas joias, seria rei do mundo e se tornaria o ser mais poderoso do universo.

Muitas coisas são reveladas durante o gameplay, mas nada é perfeito e infelizmente você só vai ter mais da história a partir do fim do jogo, entretanto ainda que game traga um diferencial na história para se tornar algo diferente, não deixa de ser algo simples e clichê. Durante todo processo do game do início ao fim, você viverá aventura de gato e rato com o ladrão de reinos. O jogo ainda possui pergaminhos escondidos pelos níveis que funcionam como um diário do Flat, com alguns pensamentos dele sobre o que está acontecendo. Também fica disponível para o jogador um menu com todos pergaminhos e descrições de cada um dos personagens, inimigos e vilões do game.

Flat é um pequeno herói habilidoso

3_132

A proposta de mecânica de gameplay, que é suave e baste fluída, de Flat Kingdom é divertida e única, o pequeno Flat, protagonista do game, é capaz de trocar de formato, sendo: Circulo, Quadrado e Triangulo. O game possui uma extensa lista de inimigos únicos, onde cada um deverá ser combatido de forma diferente, certos inimigos são derrotas com apenas com o Flat circular, outros apenas como triangulo ou então quadrado, além de possuírem pontos fracos em diferentes partes do corpo.

Ao decorrer do gameplay Flat, irá destravar habilidades especiais que irá te ajudar a prosseguir em sua jornada em busca da princesa e salvar o mundo colorido 2D de Flat Kingdom. Essas habilidades também servirão para facilitar o jogador a derrotar futuros vilões e chegar em locais onde não era possível chegar. As habilidades são desde pulo duplo e triplo, quebrar paredes de pedra e entre outros.

flat_kingdom-3357148

 Flat inicialmente possui pouca vida (ícones de coração que fica no topo da tela representando a vida do personagem), a cada ataque/dano que o protagonista receber, o jogador perderá 1/2 de um dos corações. A cada início de capitulo o jogador irá se encontrar com um vendedor de corações, que irá permitir que o jogador faça upgrade na quantidade de vida que Flat irá possuir, em troca de 200 moedas, que poderá ser coletado ao decorrer do gameplay.

Quando surge algo sobre a história, elas são contadas por legendas de diálogos e também por cutscenes que são muito bem desenvolvidas, entretanto durante a execução dessas cutscenes, ocorrem travamentos e problemas de execução do vídeo da animação, além de granular muito a qualidade de imagem.

Tendo em mente que o título dificilmente apresenta informações interessantes sobre a história durante o gameplay, pode ser um tanto frustrante a falta de atenção que os desenvolvedores tiveram com algo tão simples como a execução da cutscene.

Arte Visual de agradar os olhos!

ss_d6cb3b80e463f431169b0a1160a80615bec20678.600x338

Flat Kingdom possui um estilo gráfico cartoonizado 2.5D, os cenários são bem desenvolvidos, com cores vibrantes e detalhes interessantes. A mistura do mundo 3D e 2D é a grande sacada do jogo, os personagens todos são em 2D, mas plataformas e alguns elementos de cenários ficam em 3D o que traz um estilo bem diferente e bonito.

O jogo leva cerca de 6 horas para ser finalizado, ao re-jogar o tempo pode cair pela metade, o principal motivo por conta disso, é que Flat Kingdom possui poucos capítulos (mundos), cada um deles contendo na maioria das vezes três níveis, porém inicialmente o jogador só irá conseguir jogar dois níveis de todos capítulos, ao chegar perto do fim, o game irá te obrigar a ter que voltar nos primeiros níveis para desbloquear o terceiro e último nível do capitulo, por conta de que o protagonista “Flat” ter adquirir todas as habilidades especiais para alcançar locais onde não se era possível de início e estes níveis antes bloqueados, passam a ter importância para poder prosseguir no game.

Os níveis do jogo são poucos desafiadores, com exceção de alguns chefões que vão fazer você levar alguns minutos para entender como derrota-los. O que o jogador poderá enfrentar de dificuldade no game é em dominar as habilidades de “Flat” para superar alguns inimigos e vilões, é extremamente necessário saber extrair o máximo das habilidades e combinações de formas do pequeno personagem para seguir nos níveis.

Sem dúvidas um dos pontos dos pontos fortes também de Flat Kingdom é a quantidade de boss fight (batalha com vilão) que o game apresenta, a cada capitulo (mundo) no mínimo 2 vilões o jogador irá enfrentar. Todos totalmente distintos e com uma direção de arte excelente, em destaque a batalha final.

Cada vilão possui ataques únicos e formas distintas para que possa derrotar cada um deles. Os primeiros inimigos são poucos desafiadores, podendo derrotar logo na primeira jogada, a partir do meio do jogo a dificuldade começa a aumentar, mas nada muito abusivo ou de fazer ter que pensar um pouco para vencer.

O que pode frustrar durante as batalhas é falta de atenção dos desenvolvedores nas etapas de combate dos vilões, alguns ataques são extremamente apelativos a ponto de grande maioria dos jogadores acabar sofrendo o dano sem ter chances de pensar em se defender, como por exemplo ataques inesperados e velozes.

5_163

A trilha sonora original de Flat Kingdom recebeu uma leve atenção, pois elas são compostas por Manami Matsumae, a mesma compositora de trilhas sonoras originais de jogos como Shovel Knight e Mighty No. 9. Elas são poucas, boa parte das trilhas sonoras se repetem constantemente, mas são boas e atendem ao clima do nível em que o jogador se encontra, porque cada capitulo (mundo) possui uma trilha sonora original única.

Flat Kingdom cumpre o que promete, porém nada mais do que isto. O game apresenta muitos vilões, inimigos, mecânicas de gameplay únicas que permite o protagonista se transformar em forma geométricas para derrotar diferentes inimigos e cenários com uma direção de arte atraente. O game peca em não trazer desafio (dificuldade) suficiente para a experiencia do jogador, seja nos níveis ou nas batalhas contra os vilões., acredito que até pelo traço a dificuldade do jogo seja baixa, para atrair um público mais infantil.   A trilha sonora apesar de pouca variedade, consegue agradar aos ouvidos com uma boa composição para cada capitulo que o jogador estiver. E a história que possui altas inspirações em jogos clássicos do gênero, mas consegue ter suas características únicas conforme o jogo avança.

Resumindo…

Flat Kingdom e um jogo que remete aos velhos clássicos side-scrollings deixando suas marcas de originalidade, aliada a gameplay suave e gráficos cativantes.

Eduardo Henrique

Sobre - Eu sou o criador do Site Gamer Spoiler. Jogo video-games desde sempre, atualmente tenho um Nintendo 3DS e um Xbox One. Apaixonado por animes e Cachorros. Quem quiser me add na Live: EDU4RDO_H

Quer trocar uma ideia comente aqui