Brasil dos Games: Entrevista com Leonardo da Tendrils Entertainment e seu projeto Soulbinder
Por Redação Gamer Spoiler Em 2 jun, 2013 as 02:47 PM | Categorizado como Brasil dos Games, Especial, Notícia | com 2 Comments

fotoConversamos um pouco com Leonardo da Tendrils Entertainment, o idealizador do projeto Soulbinder.  Com a pareceria de  dois amigos, Leonardo e  Renan que são loucos por games, surgiu então a Tendrils Entertainment, uma produtora independente que tenta seu lugar ao Sol no mercado brasileiro dos jogos eletônicos. O game ainda está em produção mas recebe todo o apoio no Cartase.

Soulbinder

Soulbinder é um RPG de exploração com combate baseado em turnos com foco em personalização e estratégia. Desenvolvido por uma equipe apaixonada por games, ele traz sua inspiração nos clássicos Castlevania: Symphony of the Night e Final Fantasy. Jogadores encarnam Damodar, um guerreiro tribal amaldiçoado que precisa viajar por diferentes dimensões em busca de vingança. Durante sua caçada ele enfrenta e recruta uma série de criaturas fantásticas – revirando cada pedra tentando descobrir mais de seu passado atormentado.

Bate papo indie

Gamer Spoiler : De onde veio a ideia de abrir a Tendrils Entertainment? 

Leonardo: A Tendrils Entertainment veio de uma vontade antiga minha de trabalhar numa área que sempre amei jogos. Eu estava cursando administração na época e comecei a conversar com amigos meus que estavam relacionados com games sobre a possibilidade de montar uma empresa. Quando o Renan Lopes aceitou a ideia foi quando a empresa começou a sair do papel e começar a se tornar o que é hoje.

Gamer Spoiler :Como foi o trabalho de juntar toda a equipe de profissionais que hoje a Tendrils possui?

Leonardo: O trabalho foi bem difícil e tomou muito tempo, acionamos todos que conhecíamos procurando artistas, programadores e game designers e postamos em vários sites e fóruns. O site que mais deu resultado em encontrar ótimos artistas foi o centraldequadrinhos.com. Mas é um trabalho que fazemos até hoje e infelizmente é mais difícil do que eu gostaria encontrar bons profissionais.

Gamer Spoiler: No seu vídeo, você comenta que todo o trabalho da equipe vem de amigos, e a parte financeira, de onde vem?

Leonardo: A parte financeira vem de fundos pessoais meus e do Renan, felizmente a necessidade é pequena, e é usada para colocarmos o site no ar e pagar situações eventuais como a nossa viagem para a BGS 2012 e a entrada na steam greenlight.

unliving

Gamer Spoiler: Vocês já pensaram em colocar o Soulbinder no Kickstarter?

Leonardo:Já pensamos sim, mas nossa ideia é fazer o Soulbinder crescer no Brasil, ele é brasileiro e gostaríamos muito que os estúdios independentes brasileiros crescessem sem necessariamente a ajuda do exterior, por isso optamos pelo Catarse e não o Kickstarter.

Gamer Spoiler: Ok, vamos falar agora um pouco sobre o Soulbinder. De onde surgiu a ideia de criar um jogo no estilo MetroidVania (Super Metroid e Castlevania)?

Leonardo: Nós da Tendrils sempre fomos apaixonados pelo Castlevania Simphony of the Night lançado para o ps1 e então resolvemos fazer um jogo em que o sistema de exploração fosse baseado neste incrível jogo.
Você pode andar pelo mapa livremente para explorar os diversos tipos de cenários e eventualmente achar salas secretas, acionar mecanismos, e resolver puzzles que irão garantir o progresso no jogo, e até mesmo recompensas para fortalecer o personagem.

boss_room

Gamer Spoiler: Quem teve a ideia de criar esse guerreiro Tribal, Damodar? E Qual é a história do personagem?

Leonardo: A ideia foi do Renan Lopes, ele que criou o conceito inicial do jogo e a ambientação dele. Foram utilizadas fontes da religião budista, nomes em sânscrito e um pouco de cultura hindu para a base do enredo do Soulbinder.

Damodar teve uma vida bem difícil: ele faz parte de uma linhagem maldita devido a um incidente misterioso do passado. Quando os pais descobriram que ele tinha os poderes dessa linhagem, eles fugiram e tentaram esconder o garoto. Mas ele eventualmente foi descoberto, e a vila exigiu o sacrifício dele. Os pais deles morreram tentando defender Damodar, que conseguiu fugir… sem saber exatamente suas origens e seus poderes.

Gamer Spoiler: O que seria essa vingança que tanto se fala no vídeo?

Leonardo:  No começo do jogo ele já se vingou da vila que matou seus pais, mas isso não foi suficiente para ele. Enquanto buscava entender mais sobre seu passado, ele descobre um companheiro que sabe mais sobre as tradições da vila, Klaus. Ele conta a Damodar sobre a lenda de Khuna, uma das pessoas capazes de viajar entre as diferentes dimensões, que cometeu um terrível tabu. Ele é o próximo alvo de Damodar, que agora sabe como atravessar os diferentes planos e parte em busca da verdade e vingança.

Gamer Spoiler: Você diz que Soulbinder pega como inspiração de jogos como Catlevania, Diablo e Final Fantasy, que tipos de referencia vamos encontrar quando jogarmos?

Leonardo: O Castlevania nos inspirou principalmente na parte de progressão e exploração do jogo, sendo um side-scrolling platformer repleto de segredos, com um grande mapa em que o jogador libera conforme avança na trama.
Nós nos baseamos na série Final Fantasy para criar os sistemas de atributos, status e aquisição de poderes pelos personagens, que é um pouco similar ao encontrado na versão IX, lançada para ps1.

Damodar coleciona e equipa gemas durante o jogo. Cada gema possui uma barra de experiência e é imbuída com uma spell única. Quando a barra de experiência se completa, o jogador adquire permanentemente o poder e pode utilizá-lo no campo de batalha.

De forma semelhante a qual podemos encontrar no Diablo 3, os slots para as magias são limitados, sendo assim, cabe ao jogador escolher o leque de poderes a serem utilizados, personalizando seu estilo de combate. Existem inúmeras combinações de poderes e também há sinergias entre eles, induzindo o player a analisar e escolher as magias que se relacionam e se completam. Alguns eventos e chefões exploram status negativos, fraquezas e escolas de magias, desafiando o jogador a encontrar uma combinação de habilidades e equipamentos que possam o auxiliar em batalha.

foto

Gamer Spoiler: Ao assistir ao vídeo gostei muito das características do personagem, cenários e gameplay, poderia nos contar um pouco a respeito dessa engine que foi criada para o Soulbinder?

Leonardo:  Os programadores da Tendrils desenvolveram a própria engine que foi escrita utilizando C# e XNA.
Juntamente com a engine desenvolvemos um Toolset, que nada mais é que um conjunto de editores que facilitam gerar conteúdo para o jogo.

Dentre eles estão os editores: 

Tilemap – para criar as plataformas e sua física.
Animação – para editar e acertar o tempo das animações dos personagens, chefes e magias.
Itens – para editar as propriedades mágicas e a aparência dos itens in-game.
Poder – para configurar a força e os efeitos diversos dos poderes e magias.
Criatura – IA – para configurar os monstros e como eles se comportam no campo de batalha, quando e quais magias podem usar.
Entidades – para criar e configurar objetos com comportamento diferenciado no jogo, como mecanismos, paredes que se quebram, baús com recompensas.
Placeables – para criação de objetos decorativos e sua física, como pilares, escadas, tochas, portais.
Parallax – para criação de cenários de fundo que se movimentam automaticamente ou de acordo com a câmera, por efeitos de céu, nuvens, sol, lua.
Dialogo – para criação das falas dos personagens.
Level – é o editor final, aonde todas as peças que foram criadas separadamente se encaixam criando uma fase do jogo.

Gamer Spoiler: O Soulbinder estará disponível para qual plataforma? Já pensaram em lançar ele para mobile ou na Xbox Live Arcade?

Leonardo:Inicialmente o Soulbinder estará disponível para PC – Windows.
Um tempo após o lançamento estamos pensando em publicá-lo para o xbox live arcade.
Nossa engine é baseada no XNA da Microsoft, sendo assim portá-lo para Xbox será relativamente simples.

Gamer Spoiler: Quando estará disponível a demo para que nos do Gamer Spoiler possamos testar a habilidades de Damodar?

Leonardo: Hoje o jogo está em pré-alpha, e estamos dependendo bastante do resultado do Catarse, portanto não temos data especifica prevista para o lançamento. Mas esperamos ter mais para o final do ano um demo para o público.

 Confira um pocuo do gameplay de Soulbinder:

Quer trocar uma ideia comente aqui

Danilo Fiory disse:

Eu gostei do que vi^^ Espero o Beta, para poder ver o gameplay!^^

Danilo Fiory disse:

Eu gostei do que vi^^ Espero o Beta, para poder ver o gameplay!^^

Eduardo Eduardo disse:

Exatamente João! O jogo ainda não recebeu sua fase beta ainda, mas assim que estiver pronta, nós vamos testá-la e diremos o que achamos!

Eduardo Eduardo disse:

Exatamente João! O jogo ainda não recebeu sua fase beta ainda, mas assim que estiver pronta, nós vamos testá-la e diremos o que achamos!

Shinji disse:

Confira o gameplay:
Personagem andando pelo cenário estático! Muito bom o seu gameplay!
Jogo sem inimigos, sem batalha, sem diálogos ( tirando a intro com a dublagem péssima ), só cenários sem absolutamente nada de interessante acontecendo.
Os caras não vão pro Kickstarter pq sabem que o nível tá baixo demais isso sim.

João disse:

Pré-alpha amigo, sabe o que é isso? Se fosse um beta até justificaria seu comentário.